quarta-feira, 17 de novembro de 2010 by Pamella Medeiros

Estou tentando não pensar em você, tentando não sonhar.
Não hoje, não no amanhecer. Estou poupando a mim, a você,
estou poupando a nós. Poupando da dor que vem depois,
a dor carregada de alegrias no começo, mas que depois deixa um vazio aqui dentro,
vazio que nada e nem ninguém preenche.
Mas tenho outro plano, o plano B! Talvez diferente do A por ser

completamente contraditório, - o plano agora será não sentir.

Mesmo que sinta, desta vez será em segredo,
não quero mais construir paredes e ter que no momento seguinte demolí-las.

E por fim, te falo pela última vez que
'ainda penso tanto em você' (...)

[Pamella Medeiros]
Posted in | 11 Comments »

11 comentários:

Ingrid disse...

Que bela declaração Pamella, embora triste!
mas mesmo assim é vida!
bejinhos.

@michelemenegass disse...

AMEI
Pam, poética ... *OOO*
PERFEITO esse texto Pam
Parabéns ..
{/ caso tenha o feito por algum
MOTIVO ESPECIAL,
sinto mto pelo sofrimento ..
D:'

Lu disse...

Olá
nossa seu blog é muito lindo e você escreve muito bem

Bjs

Poemas e Amizades disse...

Tentar é um verbo interessante. Nós o usamos para falar do que nós estamos querendo fazer, e ainda não conseguimos, mas também o usamos (e muito mais) para o que não queremos fazer, e precisávamos querer. Ah! Tentar querer... Loucura vestida de decisão.
E agora, esse poema (ou prosa colocada sob a forma de poema), de uma forma maravilhosa, diz que há um plano B!!! É simples... É tentar não sentir... Mas ah!, se não querer já não é fácil, e agora, como será não sentir?! Pois não querer depende da vontade, controlada pela razão... Mas como será não sentir, que a razão não controla?!
Se ninguém inventa um coração descartável, como faremos com o que não queríamos sentir?!
Vamos tentando...
Um abraço carinhoso
Lello Bandeira

Flor disse...

Eu fiz e refiz e esse mesmo plano milhares de vezes, mas sempre acabava no mesmo abraço, na mesma cama!
Descobri que seria impossível esquecer, lutei contra tudo - continuo lutando - Mas me entreguei.

Dani Marques disse...

Que lindo Pam!
Nossa essas palavras caíram feito uma luva no momento que estou vivendo...
Bjo

Daniela Filipini disse...

Lindo!

Cristiane disse...

Parabéns, colocando pra fora sua alma de poetisa. Bjks :)

Pamella Medeiros disse...

Obrigada a todos ♥

Beijos, muitos (:

Tainá Franco. disse...

nossa, muito perfeito meu!
acho que é um momento que todos passam, e você disse certinho como é! parabéns , ta muito lindo ♥

Alexsandro Campos disse...

Nossa meu isso é triste...
horrivel passar por isso, ja me senti assim!!
Sempre existe uma esperença qndo se ama alguem né Pam, tentamos fugir... mtas vezes agente deixa de lutar por aquele amor q de certa forma ainda existe, nossa isso é muito forte!!

Bjs Pam, linda suas palavras e interpretadas com mto carinho!

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.